Gastrite: o que é, tipos, sintomas, tratamento e prevenção
A gastrite é causada por fatores que enfraqueçam a mucosa gástrica.

Gastrite: o que é, tipos, sintomas, tratamento e prevenção

  • Post author:
  • Post category:Artigos

A gastrite consiste na inflamação das paredes do estômago, podendo durar de horas a anos. Os eventos de menor duração são identificados como gastrite aguda; os de maior são classificados como gastrite crônica. As complicações associadas à gastrite reduzem a qualidade de vida do paciente, já que provocam dor e reduzem o apetite.
De modo geral, a gastrite é causada por fatores que enfraqueçam a mucosa gástrica . Sendo assim, o suco gástrico danifica o tecido que reveste o estômago.

Gastrite aguda:

Surge subitamente e está geralmente ligado ao efeito de algum agente causador. Estes podem ser infecções, ingestão de alimentos contaminados por bactérias ou vírus ou uso de medicamentos específicos, como anti-inflamatórios e corticoides. Períodos de estresse físico ou emocional também podem desencadear a gastrite aguda.

Gastrite crônica:

A gastrite crônica é caracterizada pela inflamação da mucosa estomacal, acompanhada por alterações na mesma. Seu principal agente causador é a bactéria Helicobacter pylori, que destrói a barreira protetora da mucosa estomacal. Outrossim, o suco gástrico afeta esta região e ocorre a inflamação da parede do estômago.

Quais são os sintomas?

Pode haver dor de estômago e desconforto abdominal imediatamente após as refeições ou em períodos prolongados de jejum. Alguns pacientes relatam inchaço, náuseas, vômitos, queimação no estômago, gases, indigestão e mal-estar. Em síntese, existem ainda relatos de casos assintomáticos, nos quais o paciente não apresentava sintomas mesmo durante os eventos de gastrite.

Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico requer avaliação do histórico do paciente e avaliações clínicas. Para confirmar ou descartar suspeitas de complicações, o médico poderá pedir a realização de uma endoscopia digestiva alta. Através dele a mucosa poderá ser observada, bem como possíveis alterações na sua composição. Também pode ser requerida uma biópsia do material coletado do paciente, para análise de fragmentos da mucosa gástrica.

Como é o tratamento?

O tratamento visa evitar o agente causador da gastrite. Medicamentos podem ser suspensos, substituídos ou, ainda, associados a outros que neutralizem, inibam ou bloqueiem o suco gástrico. Também podem ser administrados antibióticos para combater a bactéria.

Podemos prevenir?

Sim, para prevenção é importante evitar contato com os agentes causadores, como medicamentos, cigarros e bebidas alcoólicas.Assim também, quando a gastrite estiver ligada a remédios, é necessário consultar um médico antes de suspender o uso destes.

Para evitar a contaminação por Helicobacter pylori, é indicado o consumo de água tratada tanto para hidratação quanto para higiene pessoal. Assim sendo, é importante lavar bem as mãos antes das refeições e ter atenção ao preparo dos alimentos.

Dr Marco Aurélio Lameirão
Cirurgia Geral e Videolaparoscopia
Rua Cel Moreira César, 160 sala 912
Tel: (21) 2611-0180

Site: www.drmarcoaureliolameirao.com.br

Fonte