Já realizou sua colonoscopia?

  • Post author:
  • Post category:Artigos

Veja se você tem indicação de iniciar o rastreio colonoscópico.

Em geral o câncer de intestino se instala em lesões precursoras que se chamam pólipos. Tais pólipos, dependendo de sua histopatologia, são lesões precursoras do câncer de intestino.

Essas lesões que se desenvolvem no intestino grosso podem ser retiradas facilmente pela colonoscopia ainda na fase pré-maligna, evitando dessa forma o surgimento do câncer.

Em sua apresentação inicial, eles são muito semelhante à da mucosa normal: são os pólipos adenomatosos ou adenomas. À medida que o processo de transformação avança, esses adenomas podem crescer e suas células se tornarem cada vez mais alteradas, gerando atipias e podendo vir a resultar em uma malignização.

A colonoscopia, portanto, não é simples exame diagnóstico; é procedimento cirúrgico capaz de evitar o aparecimento do câncer de cólon.

Além disso, há a questão dos custos, a necessidade de anestesia e de pessoal treinado e o desconforto do preparo com laxantes para esvaziar completamente o conteúdo intestinal.

Por essas limitações, a prevenção por meio da colonoscopia não deve ser indicada aleatoriamente, mas ater-se às situações em que existe risco maior de desenvolver câncer de cólon.

São elas:
– Pessoas com doenças inflamatórias intestinais (doença de Crohn, retocolite ulcerativa e outras);
– Famílias que apresentam vários membros com múltiplos pólipos intestinais (polipose familiar);
-Parentes de primeiro grau com história de câncer de cólon;
– Acima dos 50 anos de idade;

Procure seu médico para tirar suas dúvidas!

Previna-se… o câncer de intestino pode ser evitado!

Dr Marco Aurélio Lameirão
Rua Coronel Moreira César, 160 sala 912
2611-0180

www.drmarcoaureliolameirao.com.br