You are currently viewing Adenomiose vs Endometriose

Adenomiose vs Endometriose

  • Post author:
  • Post category:Artigos

Você sabe a diferença entre adenomiose e endometriose?

Para entender essa doença primeiramente temos que entender o endométrio.

O útero é um órgão muscular e oco. Sua cavidade é revestida internamente por um tecido chamado de endométrio. Esse endométrio tem como característica ser responsivo aos hormônios sexuais femininos, possibilitando a gestação por se tornar um “abrigo” seguro para o embrião no início da gravidez.

Por definição a endometriose representa o surgimento de células semelhantes ao endométrio fora da cavidade uterina. Ou seja, quando aparecem focos de endométrio fora do útero chamamos de endometriose, podendo acometer qualquer órgão do corpo humano, mais comumente órgãos pélvicos como intestino, ligamentos, peritôneo, ovários, etc.

E a adenomiose? Adenomiose é quando surgem células do endométrio dentro da parede muscular do útero (no miométrio). Essas células ficam entremeadas as fibras musculares uterina.

No geral o quadro de endometriose tem sintomas como cólicas menstruais intensas, dores lombares no período menstrual, intensa fadiga, dores na relação sexual, sintomas digestivos como distensão abdominal, dor para evacuar, diarréia no período menstrual. Porém não altera

A adenomiose, por estar na parede muscular do útero, próximo ao endométrio normal, sua clínica cursa com aumento do fluxo menstrual, além de sintomas como cólicas menstruais intensas.

O tratamento também possuem diferenças, a endometriose o tratamento é clínico com possibilidade de cirurgia para retirada dos focos de doença. Já a adenomiose seu tratamento é basicamente clínico, pois a única possibilidade cirúrgica é a retirada do útero, porém restrita para mulheres já com filiação constituída e próxima da menopausa.

Busquem sempre tratamento com um especialista.

Sentir dor NÃO é normal!!