You are currently viewing Reserva Ovariana

Reserva Ovariana

  • Post author:
  • Post category:Artigos

Reserva ovariana é uma expressão utilizada para definir a quantidade de folículos armazenados no ovário. Esses folículos durante o período menstrual são liberados e dentro de um deles o óvulo amadurece.

O número de folículos de uma mulher é fixo, a mulher ja nasce com um determinado número de folículos. Estima-se que uma mulher nasce com 1 a 2 milhões de folículos. 

A perda de folículos mensalmente é tão expressiva que na entrada da adolescência a mulher esteja entre 300 a 500 mil folículos.

Outro fator de confundimento comum de mulheres é o uso do anticoncepcional. Como a mulher não ovula, a mulher acredita estar preservando sua reserva ovariana, porém isso é uma falsa ilusão. Tais folículos possuem morte celular programada, e independente do uso ou não de anticoncepcionais, essa reserva diminui mês a mês.

É válido lembrar que um marco dessa queda é entre 35 e 37 anos na mulher. A partir dessa idade a queda é substancial, levando a uma dificuldade maior para engravidar após essa idade.

Como medimos a reserva  ovariana?

O principal marcador utilizado para avaliar a reserva ovariana é o Hormônio Antimulleriano (HAM). É um marcador analisado em uma amostra de sangue da mulher em questão.

É importante atentar que um número somente não representa uma boa ou má reserva ovariana. Devemos levar em consideração a idade da paciente. Um exemplo: mulher com HAM de 1,2 com 43 anos tem uma boa reserva ovariana, porém uma jovem de 26 anos com 1,2 de HAM tem uma baixa reserva ovariana.

Muitos são os fatores responsáveis pela diminuição da reserva ovariana, e a endometriose é apenas uma das causas. Quanto antes for identificado a causa e corretamente tratado, mais preservada será a reserva ovariana desta paciente.