5 Dicas para uma cirurgia segura na endometriose

5 Dicas para uma cirurgia segura na endometriose

  • Post author:
  • Post category:Artigos

O tratamento cirúrgico da endometriose é um dos principais pilares para o sucesso do resultado. Porém é um momento que exige o conhecimento de vários detalhes que vão ajudar na escolha de qual profissional escolher para realização do procedimento.

Existem muitos profissionais que se propõe a operar pacientes com endometriose, porém poucos fazer um tratamento mais detalhado e complexo que irá ser fundamental no sucesso do resultado.

A busca ativa por focos de endometriose, com exploração de regiões extra-peritoniais aparentemente não acometidas, e ressecção de todos os focos são obrigatórias para “zerar” a doença.

Outro importante aspecto a se analisar é a forma como esse profissional lida com a paciente, acolhendo e fornecendo a mesma todos os substratos necessários para o entendimento da sua própria patologia e favorecendo a adesão ao tratamento.

As tecnologias que são ofertadas (cirurgia robótica e videolaparoscopia) e a preocupação com um hospital com boas estrutura para realização deste complexo procedimento também devem ser analisado. 

Resumindo e citando as 5 dicas para uma cirurgia segura:

  1. Escolha um profissional com experiência em endometriose (pesquise na internet e veja suas avaliações).
  2. Verifique se este profissional na consulta irá explicar sobre a doença, sobre o seu estadiamento e explicar qual será a estratégia cirúrgica escolhida.
  3. Certifique-se que o profissional irá ressecar (tirar) todos os focos de endometriose e não cauterizar ou queimar com laser. 
  4. Pergunte sobre as técnicas que o cirurgião oferece pra tratamento: cirurgia robótica, videolaparoscopia ou cirurgia convencional (aberta).
  5. Saiba qual hospital será realizada a cirurgia, porte hospitalar para uma cirurgia de grande porte e seus fluxos de segurança contra covid19.